Empreender no varejo: loja física ou virtual? - Grok Tecnologia e Automação
slideslideslideslide

Empreender no varejo: loja física ou virtual?

 

Empreender no varejo: loja física ou virtual?

Investir em uma loja física, virtual ou bricks and clicks (empresas que atuam com loja física e on-line)? Definir questões como estas quando se está pensando em empreender nem sempre é uma tarefa fácil, você já deve ter se questionado sobre qual é a melhor opção, certo? Exatamente porque é uma das mais importantes questões a se decidir na hora de iniciar um negócio. Antes de olharmos para isto em detalhe, vejamos alguns números interessantes:
 
- Em 2020 o Brasil registrou um aumento de 29 milhões de consumidores em relação a 2019, segundo o infográfico do SmartHint.
 
- De acordo com pesquisa mais recente, disponível na 42ª edição do Webshoppers, o comércio eletrônico no Brasil registrou um crescimento de 47% no primeiro semestre do ano passado, sendo a maior alta em 20 anos. A mesma pesquisa aponta que o varejo moderno off-line também teve crescimento, cerca de 13% em relação ao mesmo período de 2020.
 
- Já segundo o levantamento do Webshoppers, as bricks and clicks tiveram um crescimento de 61% no faturamento no primeiro semestre deste ano, com participação de 73,1% no total de vendas online no País. Nas operações deste tipo de loja, foram 57 milhões de pedidos, alta de 54% em relação ao ano de 2019, e ticket médio de R$ 495, uma alta de 4%.

Com estes dados podemos concluir que há um crescimento forte nos meios digitais, mas a venda em loja física não deixou de crescer e tem papel muito significativo, ou seja, no mercado atual ambos os formatos de negócio têm oportunidade de crescimento. Por isso, elencamos alguns pontos para te ajudar a entender qual modelo faz mais sentido para o seu momento.  
 
Se optar pela loja física:     
 
    1º - O conceito de loja física vem mudando. Hoje não se limita apenas a atender clientes que chegam no local, se você quer que seu negócio tenha potencial de crescimento e sucesso, é preciso romper a barreira entre físico e digital. Esta barreia pode ser quebrada se você utilizar as redes sociais ou até mesmo o WhatsApp para um relacionamento digital com seu cliente. É preciso ter presença digital.
 
    2º - Você precisa entender a cidade considerando o tipo do seu negócio e onde faz mais sentido se instalar. Avalie os concorrentes, entenda porque eles possuem uma loja em determinada localização da cidade. Valide quais são os pontos mais atrativos para os seus clientes;
 
    3º - Estude o preço dos produtos no mercado, pois o ideal é encontrar o equilíbrio entre o valor real da sua mercadoria, o valor agregado e ou potencial de lucratividade. Não saia simplesmente alterando preços, você precisa entender quanto ele te oferece de lucro. O fundamental é colocar todos os custos na ponta do lápis, para isso é necessário ter um bom sistema de gestão.
 
    4º - Trace um comparativo entre os pontos positivos e negativos do seu produto em relação a concorrência. Nesta etapa é muito importante se colocar no lugar do cliente.  Analise o que você não gosta no produto dos concorrentes e o que faria você escolher o seu produto no lugar de outro. Isso irá te ajudar a ter uma definição mais precisa de produto ideal e também quais produtos terão um potencial maior de venda.
 
    5º - Invista na divulgação: elabore ações e promoções para divulgar seu negócio, buscando ativamente os clientes e gerando vendas para a sua loja física.
 
    6º - Por menor que possa ser seu negócio, fazer a gestão correta é estratégico para o crescimento e amadurecimento dele, neste caso, não deixe de utilizar um sistema que possa auxiliar já nos primeiros passos da sua jornada.
 
    7º - Dedique um tempo diário ou semanal para análise dos resultados, seja para continuar em ações que estão trazendo resultados ou até mesmo para elaborar novas estratégias em um cenário que se mostre diferente do planejado ou não esperado. 
   
 
Se optar pela loja virtual:
 
    1º - Uma das principais vantagens de iniciar um negócio online é a abrangência que sua loja alcança, pois não há limitações físicas, dessa forma, clientes de todo o Brasil, e até de outros países podem encontrar a sua loja on-line e realizar uma compra. Essa comodidade é muito bem vista pelos consumidores, que estão cada vez mais em busca de conforto e praticidade.
 
    2º - É preciso planejamento e cautela. Não basta criar um site e adicionar todos os produtos e esperar que as vendas aconteçam em um passe de mágica. Assim como na loja física, um negócio na internet exige que sejam planejadas muitas etapas: como será o seu posicionamento digital e como comunicar aos clientes que você é uma nova opção para ele, por exemplo. Além de elaborar a logística, buscar fornecedores e infraestrutura do seu e-commerce, entre outras questões.
 
    3º - A facilidade de acesso do mundo online pode ser uma vantagem, pois lhe dá a oportunidade de ter acesso a clientes que jamais teria com uma loja física. Porém, ao mesmo tempo você está concorrendo de igual para igual com marcas famosas. Por isso pense bem na sua estratégia e nicho de mercado.
 
    4º - Procure utilizar ferramentas ou sistema que possa unificar o gerenciamento das plataformas de marktplace num único local, com isso você otimiza os controles e diminui o risco de falhas.
 
    5º - Fique atento ao que clientes avalizam, não deixe de responder as demandas e de resolver eventuais problemas.
 
    6º - Assim como na loja física, na virtual você precisa dedicar um tempo ainda maior para fazer a gestão e pensar o seu negócio, pois neste cenário o mercado e a tendência de compra do público mudam mais rapidamente.
 
Mas afinal, qual modelo?
 
Na verdade, não existe um modelo certo ou errado, o que você precisa é entender qual dos modelos se encaixa no seu nicho de mercado. E, se ele permitir, considere a opção bricks and clicks, neste formato você atua nas duas frentes.
 
Por Grok Tecnologia e Automação.

 

 

 

Tecnologia do Google TradutorTradutor